Archive for ‘Jornal Hora Truqu&s’

novembro 14, 2012

Artista plástico franco-brasileiro, Augustin de Lassus abre primeira exposição em SP em novembro


Augustin de Lassus abre primeira exposição em São Paulo dia 21 de novembro.

Em uma tela, as cores vibrantes e tropicais das praias de Florianópolis estampam as paredes estáveis e ordenadas de antigos castelos europeus. Na complexidade das imagens, padrões tribais e indígenas se entrelaçam sobre palhetas cromáticas tiradas do design contemporâneo. A inspiração está presente na obra do artista plástico franco-brasileiro Augustin de Lassus, que abre sua primeira exposição ao público paulistano no dia 21 de novembro, quarta, às 20h na Vila Madalena.

 Com um trabalho artístico que tem vasta influência, de Henri Matisse e Paul Gauguin a Candido Portinari e Tarsila do Amaral, o jovem Augustin, 28 anos, busca na cultura do surfe e em suas viagens e experiências as referências estéticas para as mais de 20 telas em acrílico e óleo que expõe agora pela primeira vez fora do eixo artístico de Santa Catarina.

Francês radicado no Brasil, Augustin nasceu em Tolouse, sul da França e, ainda pequeno, mudou-se para Florianópolis, onde vive desde então. Desenhista desde pequeno, Lassus desenvolveu-se artisticamente de forma autodidata, adquirindo por meio da prática um estilo próprio e característico, marcado pela sobreposição de formas, por extensos detalhes e cores vibrantes.

 

Informações:

 

EXPOSIÇÃO AUGUSTIN DE LASSUS Horário: de segunda a sexta, das 11h às 20h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 20h. Até 18 de dezembro de 2012.

Ficha Técnica:

Proposição e desenvolvimento: Agência A. Artista: Augustin de Lassus. Assistente artista: Stephanie Ghisio. Produção geral: Caetana Britto. Projeto expográfico e Produção executiva: Helena Kuma. Projeto gráfico: Yves Ribeiro, filho. Fotografia: Jared Windmuller. Agradecimento: Lygia Helena Roussenq Neves.

Local:

Rua Mateus Grou,629 – Pinheiros – 05415-050.

Estacionamento (pago) Rua Cardeal Arcoverde, 1626

novembro 14, 2012

Paulinho Boca de Cantor lança CD dedicado ao forró na Choperia do Sesc Pompeia


 Figura marcante da história da música popular brasileira, um dos integrantes do grupo Novos Baianos, Paulinho Boca de Cantor lança agora seu sétimo CD solo, Forró do Boca, dia 22 de novembro, quinta-feira, às 21h30 na Choperia do Sesc Pompeia.

 

Na apresentação, o lendário cantor e compositor interpreta clássicos dos Novos Baianos, como Brasil Pandeiro, Preta Pretinha e Besta É Tu, além de vários forrós autorais de seu novo disco e medleys de nomes tradicionais do gênero como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Jacinto Silva, entre outros.

O disco conta com participações especiais de nomes tradicionais, como a parceria com Luiz Caldas na canção-homenagem aos 100 anos de Gonzagão, Se Seu Luiz Estivesse Vivo e a participação de Carlinhos Vergueiro, no bem humorado Xote Cardiovascular, além de canções com o compositor baiano Jair Luz.

 

Informações:

Dia 22 de novembro, quinta-feira, às 21h30, na Choperia.

Ingressos à venda pela rede IngressoSESC a partir das 14h do dia 01/11. A Choperia é classificada como casa noturna em função da venda de bebidas alcoólicas. Proibido para menores de 18 anos. R$ 16,00 (inteira); R$ 8,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 4,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Lotação: 800 pessoas

SESC Pompeia – Rua Clélia, 93

Telefone para informações: (11) 3871-7700

Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br.

Horário de funcionamento da Bilheteria – De terça a sábado das 9 às 21 horas e domingos e feriados das 9 às 19 horas (Ingressos à venda a partir das 14h do dia 01 de agosto pela rede ingressoSESC em todas as unidades)

Formas de pagamento – Cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard e Diners Club International) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro e Redeshop).

novembro 14, 2012

Terra de Santo engata temporada no Espaço dos Fofos


Após temporada no SESC Belenzinho, Os Fofos Encenam apresenta seu novo espetáculo TERRA DE SANTO na sede da companhia, Espaço dos Fofos, a partir de 24 de novembro, sexta-feira, às 21 horas, para temporada até 18 de dezembro. A peça será apresentada aos sábados, domingos, segundas e terças-feiras.  O novo processo de montagem da cia Os Fofos Encenam dá continuidade a trajetória iniciada com as montagens Assombrações do Recife Velho (2005) e Memória da Cana (Prêmio APCA 2009 de Melhor Espetáculo, além dos prêmios Shell de melhor Direção e Cenário e os prêmios da Cooperativa Paulista de Teatro de Melhor Direção e Melhor Projeto Visual), resultado das investigações sobre os processos de formação do Brasil através da história e cultura do nordeste brasileiro.

 

 

 

Informações:

LOCAL: ESPAÇO DOS FOFOS

ENDEREÇO: RUA ADONIRAN BARBOSA, 151 – (TRAVESSA DA RUA JACEGUAI, EM FRENTE AO TEATRO OFICINA), BELA VISTA

FUNCIONAMENTO DA BILHETERIA NO ESPAÇO DOS FOFOS: 2 HORAS ANTES DO ESPETÁCULO.

FONE DO ESPAÇO DOS FOFOS: (0XX11) 3101 6640

DATA DA REESTÉIA: 24 DE NOVEMBRO DE 2012

HORÁRIO: ÀS 21h00

TEMPORADA: 25 DE NOVEMBRO À 18 DE DEZEMBRO DE 2012

SESSÕES: DE SEGUNDA E TERÇA 20H00, SÁBADO 21H00 E DOMINGO 18H00

CATEGORIA: TEATRO ADULTO.

GÊNERO: DRAMA.

INDICAÇÃO ETÁRIA: NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS.

DURAÇÃO: 2H00

Capacidade: 50 lugares.

INGRESSOS: R$ 30,00 (INTEIRA) / R$ 15,00 (MEIA ENTRADA)

MEIA ENTRADA: (PARA ESTUDANTES, CLIENTES DO CARTÃO PETROBRAS COM  ACOMPANHANTE E PESSOAS MAIS DE 60 ANOS).

COMPRA DE INGRESSOS PELO SITE: WWW.OSFOFOSENCENAM.COM.BR E PELA INGRESSOS.COM

ASSESSIBILIDADE: Tem acesso a deficientes.

ACEITA: CARTÃO DE DÉBITO E CRÉDITO (VISA, MASTERCARD)

PROMOÇÃO:

  • Meia entrada para grupos com mais de 10 pessoas;
  • Cota de ingresso gratuito (limitado a 10% dos totais comercializados) para moradores dos arredores do teatro (levar comprovante de residência – conta de luz, conta de telefone, conta de gás, conta de água, correspondência bancária);
  • Serão oferecidos uma cota de ingressos diários gratuitamente para pessoas de baixa renda (limitado a 10 % dos totais comercializados).
março 27, 2012

Espetáculo “Uma questão de tempo” estreia no teatro Augusta


Com dramaturgia de Alberto Guiraldelli, que construiu o texto em processo colaborativo com os atores, peça apresenta várias histórias que tem como fio condutor o tempo. Encenada pela Cia do Ator Careca montagem tem direção de Mônica Granndo

 Com dramaturgia de Alberto Guiraldelli, que construiu o texto em processo colaborativo com os atores, o espetáculoUMA QUESTÃO DE TEMPO, estréia dia 30 de março, sexta-feira, às 21h30, no Teatro Augusta, Sala Experimental. Peça apresenta várias histórias que tem como fio condutor a relação do ser humano com o tempo. EncenadapelaCia doAtor Carecamontagem temdireção de Mônica Granndo e reúne no elenco os atores: Christiane Lopes, Renata Mazzei, Lucas de Lucca e Rick Conte.

UMA QUESTÃO DE TEMPO é uma comédia cheia de reflexões sobre o homem e seus conflitos com o ‘Tempo’. A peça trata de fragmentos do cotidiano, visto pela ótica da interminável discussão do homem com o tempo que lhe cabe. “Desse olhar temos um resultado divertido e instigante que nos faz pensar sobre a existência, desde simples problemas com o ponteiro do relógio, até a reflexão sobre uma vida inteira de escolhas irreversíveis, pois o tempo não volta atrás”, afirma a diretora Mônica Granndo.

 

Informações:

Uma Questão de Tempo – Estréia dia 30 de março de 2012, sexta-feira às 21h30.

Duração: 80 minutos.

Recomendação: 12 anos.

Ingressos: R$30,00 (Estudantes, maiores de 60 anos e classe teatral têm 50% de desconto).

Sexta às 21h30. Sábado às 21h. Domingo às 19h.

Até 29 de abril.

TEATRO AUGUSTA – SALA EXPERIMENTAL – Rua Augusta, 943 – Cerqueira César, tel: 3151-4141. Capacidade 50 lugares. Bilheteria funciona de quarta a domingo, a partir das 14 horas. Acesso para deficientes. Ar condicionado. Aceita cartões. Estacionamento ao lado. Café. Vendas pelo sistema ingresso rápido pelo telefone 4003-1212 ou site: (www.ingressorapido.com.br).


março 6, 2012

Peça celebra 125 anos de Villa Lobos contando história de brilhante aluna do maestro.


O Espetáculo traz para o palco a trajetória de Margarida Schivasappa, artista que difundiu na Amazônia o legado do lendário músico brasileiro.

 Nos idos de 1945, pela primeira vez, o Conservatório Nacional de Canto Orfeônico, dirigido, no Rio de Janeiro, por Heitor Villa Lobos recebia uma aluna vinda da misteriosa Amazônia. Uma brilhante musicista com nome de flor. Margarida Schivasappa foi uma das mais destacadas pupilas do criador das Bachianas. A trajetória da artista, sua relação com o maestro e seu decisivo papel na difusão do canto orfeônico na região Norte compõem o enredo do musical ACORDE MARGARIDA, que terá sua primeira temporada em Belém, de 15 a 18 de março. A peça é mais uma produção do premiado dramaturgo paraense Carlos Correia Santos. Realização da Companhia Teatral Nós Outros, o trabalho tem direção geral de Hudson Andrade, direção musical de Reginaldo Viana, assistência de direção de Luciana Porto e assistência de direção musical de Zé Neto. No elenco, Maíra Monteiro, Tiago de Pinho, Fernanda Barreto, Juliana Porto e Leoci Medeiros. As coreografias são de Waldete Brito. A cenografia e figurino foram concebidos por Néder Charone e a luz é criação de Sônia Lopes.

Elogiada por ícones da cultura nacional, como Bibi Ferreira, Henriette Morineau e Pschoal Carlos Magno, Margarida protagonizou um histórico notável junto a Villa Lobos. Recebeu do mestre grau máximo em execução musical, técnica vocal, solfejo, ritmo e assumiu com coragem e ousadia a missão de popularizar em terras amazônicas o ideal educacional defendido ferrenhamente pelo maestro e pelo então Presidente Getúlio Vargas. “A luta que Villa Lobos empreendeu para tornar o canto orfeônico uma ferramenta pedagógica motivou a primeira grande revolução educacional do Brasil. A técnica se tornou um disciplina curricular e trouxe o estudo musical para dentro da sala de aula de forma pioneira. As apresentações de canto orfeônico eram atos cívicos que reuniam verdadeiramente milhares de alunos em grandes espaços públicos. Villa Lobos regeu eventos desse segmento que se tornaram memoráveis. Margarida trouxe essa técnica para Amazônia e, assim, contribuiu para a formação de gerações e gerações de musicistas”, explica Carlos.

A dramaturgia de Correia despertou atenção nacional. A peça está sendo lançada em livro pela Giostri Editora, de São Paulo. Para a construção do texto, o dramaturgo usou como livre fonte de inspiração o acervo do pesquisador nortista Antônio Pantoja que, ao longo de duas décadas, reuniu um precioso manancial de documentos sobre as relações que Schivasappa travou com Villa Lobos, Getúlio Vargas e outras grandes personalidades.

NA INTERNET

Grande homenagem à memória de uma época fundamental para os rumos da cultura brasileira, o projeto do musical ACORDE MARGARIDA mantêm um Blog com textos sobre Villa Lobos, canto orfeônico e demais temas ligados ao universo de Schivasappa. A produção usa também o Facebook, o Twitter e o Youtube como estratégias de difusão e divulgação “A ideia é mostrar que as mídias sociais, mecanismos tão contemporâneos, podem também funcionar como disseminadores de informações sobre outros períodos histórico-culturais relevantes, como aquele em que viveram Margarida e seu famoso professor. No ano em que o maestro completaria 125 anos, estamos fazendo com que as novas gerações ligadas na internet conheçam melhor seu legado”. (Os links estão abaixo)

ACORE MARGARIDA tem incentivo da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves onde se encontra um teatro batizado com o nome de Margarida Schivasappa. Uma das mais importantes da região Norte, a casa de espetáculos comemora 25 anos de fundação em 2012. O musical de Carlos Correia Santos conta ainda com apoio cultural do Grupo RBA, EKO Estratégias em Comunicação, Espaço Experimental de Dança, Giostri Editora, Gráfica D´Avila, INCRA e A Casa da Atriz. Quem assina a assessoria de comunicação e a criação de conteúdo do projeto é a Parla Página.

OS ENDEREÇOS ELETRÔNICOS:

 

Blog: http://acordemargarida.blogspot.com

Página no Facebook: http://www.facebook.com/#!/pages/Acorde-Margarida/368239086528239

 Twitter: @acordmargarida

 Vídeos no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=5JZilGsZqoU / http://www.youtube.com/watch?v=u8og4iXymv8&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=nSo8urAgP9I&feature=related / http://www.youtube.com/watch?v=HKX6sQhOvdg

Serviço: A primeira temporada de ACORDE MARGARIDA acontece de 15 a 18 de março, no teatro Cláudio Barradas, com sessões sempre às 20h

MAIS SOBRE CARLOS CORREIA SANTOS
Poeta, dramaturgo, romancista
MSN: cacopoeta@hotmail.com

TWITTER: @cacopoeta

BLOG 01: http://nadasantostudoalma.blogspot.com

BLOG 02: http://mesmoquenaoqueiraseutecontos.blogspot.com

BLOG 03: http://poeticaos.blogspot.com

Com perfis no Orkut e Facebook

março 1, 2012

Comédia musical Gracias, Lolitas! – The freaks estreia dia 6 de março, no Teatro Bibi Ferreira Comédia musical Gracias, Lolitas! – The freaks estreia dia 6 de março, no Teatro Bibi Ferreira


Com referências do teatro do absurdo e burlesco, espetáculo reúne 11 atores da Companhia da Casa,  tem trilha sonora original e discute, com bom-humor, a ditadura da beleza

 Esqueça o palhaço, o trapezista e o domador de leões. Você está convidado para assistir a um freak show da Companhia de Entretenimento e Horror. Trata-se de um circo criado por um casal de pulgas – Pavlova (a russa) e Maria (a brasileira), que apresentam suas bizarras atrações: Meg Allfaces (lê-se all faces, em inglês), Penélope Scaramouche, Madame X, Magnólia Chimpa e Baby Doll. A comédia musical adulta Gracias, Lolitas! – The Freaks estreia  dia 6 de março, terça-feira, às 21 horas no Teatro Bibi Ferreira. Texto e direção de Marcus Vinicius de Arruda Camargo.

Gracias, Lolitas! – The Freaks se apropria do universo freak e foge do teatro de cotidiano. “É tudo absurdo. A proposta é fazer o espectador refletir sobre a ditadura da beleza sem precisar cair no clichê”, conta o diretor Marcus Vinícius de Arruda. “Enquanto todos valorizam a beleza, as personagens do circo defendem o oposto. Elas querem ser feias, estranhas e bizarras, são mais felizes assim.  O belo só tem um tipo, o feio tem mil. As pessoas padronizam a beleza, a feiúra não. O belo fica do lado de fora, na aparência. Maturidade, inteligência e cultura não são tão valorizados. Usamos o grotesco e invertemos os valores na peça.”, comenta o diretor.

 

Informações:

Gracias, Lolitas! – The Freaks  estreia dia 6 de março, terça-feira, no Teatro Bibi Ferreira. Até 22 de maio.

Ingressos: 90 minutos.

Censura: 14.

Ingressos: R$ 40.

Venda pela internet: Ingresso.com.

março 1, 2012

O espetáculo infantil ANDERSEN SEM PALAVRAS reestreia no Teatro Sesc Pompéia


Inspirada em contos do autor Hans Christian Andersen montagem é apresentada por meio de técnicas do Teatro de Sombras. Trilha sonora da peça foi especialmente composta por André Abujamra

ANDERSEN SEM PALAVRAS reúne cinco contos de Hans Christian Andersen: O Patinho feio, Soldadinho de chumbo, Os Namorados, A Menina dos fósforos e O Sapo. “Espetáculo une a magia do teatro de sombras com a poesia dos contos de Andersen. Feito um cinema mudo, sem palavras, figuras entram e saem de cena, acompanhadas por uma trilha musical criada especialmente para entreter e emocionar a platéia”, afirma o autor e diretor da peça João Bresser.

 

Informações:

ANDERSEN SEM PALAVRAS – Reestreia dia 3 de março de 2012, sábado, às 12h. 

 Duração: 40 minutos.

Recomendação: 5 anos.

Ingressos: R$8,00 (Inteira), R$4,00 (Usuário matriculado no SESC e dependentes, maiores de 60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante) e R$2,00 (Trabalhador no comércio e serviços matriculados no DESC e dependentes).

Sábados e Domingos, às 12h. Até 1 de abril.

TEATRO DO SESC POMPÉIA – Rua Clélia, 93 – Pompéia, tel: 3871-7700. Capacidade 200 lugares. Bilheteria funciona de terça a sábado, das 9h às 22h e domingo e feriados, das 9h às 20h. Aceita cartões. Acesso para deficientes. Estacionamento ao lado a R$10,00. Lanchonete. www.sescsp.org.br

março 1, 2012

Deadly é a próxima atração do Circo Mínimo Mostra Repertório Deadly é a próxima atração do Circo Mínimo Mostra Repertório


Aliando circo, dança e teatro, Deadly parte dos sete pecados capitais para falar da relação de um casal. O espetáculo volta em cartaz no Teatro União Cultural, a partir de sexta-feira, 9 de março, às 21 horas, como parte da Mostra de Repertório do  Circo Mínimo, que comemora 24 anos de estrada. A peça tem direção do bailarino e coreógrafo Sandro Borelli e interpretação dos atores Mariana Duarte e Ricardo Rodrigues.

 A peça é contada por meio dos sete pecados capitais usando o circo como metáfora para os perigos das relações e para a alegria dos voos de liberdade. Na primeira cena, a gula, os dois atores se lambem como se fossem sorvetes. A segunda, orgulho, é um solo de corda lisa feita pelo homem (Ricardo Rodrigues), o tempo todo se referindo a quem está acima, na direção do ponto de fixação da corda. Na terceira cena, da luxúria, um double trapézio meio nu (ambos estão topless), como se fosse a preliminar de uma transa. No final, eles caem, rolam, se agarram, e são interrompidos por um telefonema.

 

Informações:

Deadly – de 9 de março a 1 de abril no Teatro União Cultural.

Temporada: Sextas e sábados às 21h e domingos às 20h.

Censura: 12 anos.

Duração: 50 minutos.

Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia).

Teatro União CulturalRua Mario Amaral, 209. Telefone 2148 2900 / 2148 2904. Capacidade: 285 lugares. Horário de funcionamento da bilheteria: Segunda e terça, das 9h às 17 horas. Quarta a domingo, das 13h às 21h30. Aceita os cartões de crédito e débito: Visa, Master, American Express e Diners. Possui acesso para deficientes e ar condicionado. Estacionamento conveniado na Rua Teixeira da Silva, 560 a R$10,00.

 

dezembro 20, 2011

Com três anos de estrada, A História de Nós 2 retoma temporada paulistana dia 13 de janeiro


Alexandra Richter e Marcelo Valle voltam em cartaz com a comédia dirigida por Ernesto Piccolo e escrita por Lícia Manzo  – autora da novela A Vida da Gente, atualmente no ar pela TV Globo. A montagem, vista por mais de 300 mil pessoas, foi indicada ao Prêmio Shell de melhor texto em 2009

 As aventuras de um casal separado, que revê a sua própria história na noite em que o marido busca seus pertences no apartamento, é o mote da comédia romântica A História de Nós Dois que reestreia dia 13 de janeiro, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro Gazeta.

Em cena, Alexandra Richter e Marcelo Valle são dirigidos por Ernesto Piccolo. A dramaturgia é de Lícia Manzo, que atualmente escreve a novela global A Vida da Gente. O espetáculo estreou em 2009 no Rio de Janeiro quando foi indicado ao Prêmio Shell de melhor texto. Desde então já foi vista por mais de 300 mil pessoas (entre apresentações no Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador). No mesmo ano o espetáculo foi eleito pelo Jornal O Globo (voto dos leitores) como a melhor peça em cartaz e indicado ao Prêmio APTR de melhor texto e melhor produção de 2009.

 

 

Informações:

A HISTÓRIA DE NÓS 2 – Reestreia dia 13 de janeiro, sexta-feira, às 21 horas, no Teatro Gazeta.

Teatro Gazeta – Avenida Paulista, 900 – Térreo.

Telefone: 3253.4102.

Temporada: 13/01 a 26/02. Sex às 21h, sab as 20h e dom as 18h.

Ingressos: R$ 60,00 (sex e dom) e R$ 70,00 (sab).

Classificação etária: 12 anos.

Duracao: 65 min.

Gênero: Comédia.

Bilheteria: de terça a quinta e domingo, das 14h às 20h. Sexta e sábado das 14h às 22h. Aceita cartões de débito e dinheiro. Cartões de crédito somente pelo site ou telefone.

Estacionamento: convênio com MultiPark (rua Carlos do Pinhal, 303 – subsolo do teatro. R$ 12,00. Ou Av. Paulista, 867 (com selo do teatro) R$ 12,00.

Vendas: WWW.teatrogazeta.com.br ou 40031527.

 

 

 

dezembro 7, 2011

Florilégio Musical encerra temporada dia 11 de dezembro


O musical que homenageia compositores como Benedito Lacerda, Billy Blanc, Dorival Caymmi, Carlos Gardel e Edith Piaf – faz últimas apresentações da temporada gratuita no Museu da Casa Brasileira. Visto por mais de 18 mil espectadores, o espetáculo dirigido por Elias Andreato, traz no repertório 40 músicas, entre elas, Se Todos Fossem Iguais a Você, de Vinícius de Moraes; Felicidade, de Lupicínio Rodrigues, e Entre Tapas e Beijos, de Nilton Lamas e Antônio Bueno

Sobre um palco com arranjo de flores artificiais, Mira Haar e Carlos Moreno – com figurino nos mesmos tons de vinho do cenário, ela de vestido de baile, ele de smoking e sapato de verniz grená – apresentam o que definem como o espetáculo teatral musical Florilégio. Os arranjos e direção musical são do tecladista Jonatan Harold (também em cena).

Fermentado com poesia e humor, brindando a amizade que une os dois amigos e atores há mais de 40 anos, o show marca o reencontro dos dois artistas juntos novamente no palco depois de 25 anos. Mira e Carlos interpretam clássicos de grandes compositores nacionais e internacionais dos anos 50, como Lupicínio Rodrigues, Herivelto Martins, Billy Blanco, Carlos Gardel e Edith Piaf.

Informações:

TemporadaSábados e domingos, às 16 horas, no terraço do Museu da Casa Brasileira. Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Europa.

Telefone – 3032-3727 / 3032-2564.

Sitehttp://www.mcb.sp.gov.br/ .

Duração: 70min.

Capacidade do local: 220 lugares.

Retirada do ingresso poderá ser realizada com 40 minutos de antecedência.

Há estacionamento no local – valor nos dias do espetáculo: R$ 12,00 (valor em dia normal: R$ 20,00).

Ingresso – Gratuito