Archive for outubro, 2011

outubro 31, 2011

O Bailarino Marcello Ramos em entrevista para o Jornal Hora Truqu&s fala sobre a profissão e o meio artístico.


                                                                                    Foto por Jorge Beirigo

Marcello Ramos é formado em Ballet Clássico,com cursos de especialização em Jazz Dance,sapateado,contemporaneo,Musical Theatre e Teatro em São Paulo-SP,produz e coreografa shows,eventos e espetáculos teatrais,ministra aulas e workshops .Como bailarino atualmente está no espetáculo da turma da Mônica,trabalhou em grandes produções da Disney Brasil,foi bailarino e coreógrafo na rede de hotéis Grand Azure em Sharm El Shak–Egito,integrou o ballet do programa Raul Gil. Já trabalhou em projetos em produções teatrais como ator e bailarino na Cia Black and Red,direção de Billy Bond. Junto a TV SBT, fez participação na novela UMA ROSA COM AMOR. Últimos espetáculos: -TURMA DA MÔNICA NO MUNDO DO CIRCO(bailarino) -DOM CASMURRO (ator)-Personagem:José Dias -Musical O CORCUNDA DE NOTRE DAME(ator e coreógrafo)/direção de Frank Delgado. -pinócchio(ator e bailarino)/direção de Billy Bond -Tarzan(Disney)–o musical (bailarino)/direção de Sérgio Merija. -O Príncipe do Egito (bailarino)/direção Wellington Dias. – O Rei Leão(ator) /direção Wellington Dias. entre outros..

 

HT– O que você vê de diferente hoje na dança em relação a quando começou profissionalmente a dançar?

Marcelo–  O preconceito em primeiro lugar, isso está muito diferente sim , mas também os estilos de dança, hoje existem estilos que não se falavam a 16 anos atrás

 

HT– Existe algum lugar ou papel que você gostaria de ter dançado e ainda não realizou este sonho?

 Marcelo–   Sim , existem muitos rsrsrsrsrsrsrs , mas acho que ainda não chegou o momento certo, acho que você sempre tem o que pode ter no momento.

 

HT– Defina Marcello Ramos em duas palavras!

Marcelo– Batalhador e perfeccionista rsrsrsrsrs.

 

HT– Quais espetáculos você participou de 2008 para cá? E qual a melhor experiência?

 Marcelo– Em 2008 fiz o espetáculo Pinocchio da cia Black and Red direçã de Billy Bond , e Tarzan ,uma grande produção com diretores e coreógrafos vindos direto da  Disney . Em 2009 eu dei uma parada fui trabalhar com outras coisas e estudar um pouco , me reciclar , em 2010 fiz uma participação pequena em uma produção do SBT “Uma rosa com amor” do Tiago Santiago e direção de Del Rangel , e agora em 2011 eu fiz O corcunda de notre dame e Dom casmurro na cia teretete com direção de Frank Delgado , estou no Ballet das cantora de house music Natália Damini , e em dois espetáculos da Maurício de Sousa produções , um aqui em São Paulo que é o “Turma das Monica no mundo do circo” e o outro no Rio de Janeiro que é o “Era uma vez uma floresta” que já esta na reta final .

 

HT– Atualmente, que espetáculos seus estão em cartaz?

Marcelo– Turma da Monica no mundo do circo (na academia brasileira de circo – São Paulo ) e Era uma vez uma floresta (no teatro das artes – Rio de Janeiro) os dois espetáculos são da Maurício de Sousa produções.

 

HT– O que você pensa sobre a situação da dança no Brasil?

 Marcelo– Eu acho que não só a dança, mas as artes em geral poderia ter um incentivo maior por parte dos nossos governantes  e de grandes empresas privadas , é tão lindo , tão emocionante ver pessoas obtendo conhecimentos através da arte . É muito importante que os pais incentivem , levem seu filhos ao teatro a exposições , hoje em dia tem muitas opções e as vezes até gratuitas  é só se informarem.

 

HT– E por fim deixe uma mensagem para os leitores do Hora Truqu&s que estão iniciando a carreira de bailarinos.

 Marcelo– Tenham o máximo de conhecimento dentro da arte que você escolher , seja na dança ou no teatro , estude bastante , e não pensem que é fácil , mas posso garantir que é maravilhoso , eu jamais  escolheria outra profissão.

 

Twitter : @MarcelloRamosMR

www.marcelloramos.blogspot.com
http://www.facebook.com/#!/ 11-9728-5781www.marcelloramos.blogspot.com

outubro 30, 2011

Núcleo Experimental reestreia “O Contrato” em novembro e prepara novidades para 2012


Direção de Zé Henrique de Paula, a comédia discute as relações de poder no ambiente de trabalho com tom cínico e sarcástico de Mike Bartlett. O Núcleo Experimental também se prepara para estrear terceira peça da Trilogia da Guerra (Bichado) e mais dois espetáculos em 2012.

Em preparação para estrear Bichado (a terceira peça da Trilogia da Guerra) e mais duas peças em 2012, o Núcleo Experimental volta em cartaz com a comédia O Contrato. O espetáculo – sobre as relações de poder no ambiente de trabalho – reestreia dia 11 de novembro, sexta-feira, às 21h30, no Instituto Capobianco. Texto de Mike Bartlett tem direção de Zé Henrique de Paula e Sérgio Mastropasqua e Renata Calmon no elenco.

Enquanto O Contrato retoma temporada, o Núcleo Experimental está em processo de seleção de elenco para a nova peça Bichado, do autor norte-americano Tracy Letts, que deve estrear em março. “Entre mais de 200 inscritos, selecionei 15 atores que participarão de uma oficina, coordenada por mim e pela Inês Aranha”, conta o diretor Zé Henrique de Paula. A peça é a terceira parte da Trilogia da Guerra – a primeira parte foi As Troianas – Vozes da Guerra e a segunda foi Casa / Cabul.

 

Informações:

Reestreia dia 11 de novembro de 2011.

No Instituto Capobianco. De 11 de novembro a 11 de dezembro.

Sextas às 21h30;sábado às 21h e domingo às 19h.

Ingressos: R$ 30.

Censura 14 anos.

Duração: 60 minutos.

INSTITUTO CULTURAL CAPOBIANCO – Rua Álvaro de Carvalho, 97, Centro, fones (11) 3237-1187 e  begin_of_the_skype_highlighting (11) 3237-1187 end_of_the_skype_highlighting. Horário de funcionamento: das 14h às 22h. Ar condicionado e acesso para deficientes.  www.institutocapobianco.org.br.

outubro 28, 2011

Virada Cultura de Curitiba começa em novembro com centenas de atrações


A Virada Cultural de Curitiba acontece nos dias 5 e 6 de novembro. Neste ano, o evento tem mais de 24 horas de atrações ininterruptas em 93 espaços culturais e entre as principais atrações estão a Orquestra Sinfônica do Paraná e Hamilton de Holanda; Almir Sater; Marcelo Jeneci; Jair Rodrigues, Ultraje a Rigor, Sá e Guarabira; Teatro Mágico; a Banda Mais da Cidade; a abertura de uma exposição de Anita Malfatti e o espetáculo de marionetes italiano “La Pazzia di Orlando”. Entrada Franca.

A região de Maringá também estará representada. O grupo Fantokids apresenta o espetáculo “Show de Bonecos” no Museu Oscar Niemeyer às 11h30 no dia 6 de novembro. A Companhia de Dança do Instituto Federal do Paraná de Umuarama (IFPR) se apresenta no dia 5 na campus do IFPR no Rebouças.

A virada cultural é um evento que facilita o acesso à cultura e a percepção de que os espaços culturais estão disponíveis às pessoas. Nossa intenção é de que o público adquira mais o hábito de frequentar esses espaços”, diz Lanza.

Movimento realizado por instituições públicas e privadas para fomentar e difundir a produção artística e promover o acesso da população a bens culturais e que vai até o dia 12 de novembro.

outubro 26, 2011

Cia Nova Dança 4 faz as últimas sessões do espetáculo O Beijo no SESC Pompeia nos dias 29 e 30/10 e 12, 13, 19 e 20/11


Influenciada e inspirada no teatro, cinema e literatura, a Cia Nova Dança 4 apresenta espetáculo com o intuito de conduzir o espectador por uma trama de mistério e poesia. O grupo propõe a criação de releitura subjetiva de obras de Nelson Rodrigues, Beckett e Edgar Allan Poe. Tudo delineado no universo da dança de improvisação.

A Cia Nova Dança 4, dirigida por Cristiane Paoli Quito, apresenta o espetáculo O Beijo, no Teatro do SESC Pompeia.  As próximas apresentações acontecem dias 29 e 30 de outubro e 12,  13, 19 e 20 de novembro.  Sempre aos sábados, às 21h e domingos, às 18 horas.

Calcada na pesquisa de linguagem sobre gêneros dramatúrgicos, O Beijo no Asfalto, de Nelson Rodrigues, foi o ponto-de-partida e eixo de referência para a criação de uma releitura subjetiva, delineada no universo da dança e da improvisação. Textos literários e teatrais de autores como Samuel Beckett, Edgar Allan Poe, além do filme De Repente num Domingo, de François Truffaut, também serviram de referência. A trilha sonora, em clima de filme de suspense, foi composta por Natália Mallo e por Cláudio Faria.

 

 

Informações:

Temporada – Sábados, às 21h e Domingos, às 19h.

Dias 29 e 30/10 12 e 13/11 e 19 e 20/11.Até 20 de novembro.

Classificação – Não recomendado para menores de 14 anos.

Ingressos – R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino); R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Duração – 75 minutos.

SESC POMPEIA – Rua Clélia, 93. Telefone – 3871-7700. Acesso para deficientes físicos. Não temos estacionamento.

Funcionamento da bilheteria do SESC Pompeia – de terça a sábado, das 9h às 21h e aos domingos e feriados, das 9h às 19h. Aceitam-se cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard, Diners Club International e American Express) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro, Redeshop e Cheque Eletrônico). Para informações sobre outras programações, ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br .

outubro 26, 2011

Grupo Gattu estreia montagem moderna e sensual do último texto de Nelson Rodrigues, A Serpente


A Serpente 

Pesquisadores da obra rodrigueana, em 2010 o grupo foi o quu mais montou peças do dramaturgo. Diferente das anteriores, a trama das duas irmãs protagonistas se resolve num único ato

Em tons de azul, violeta, roxo e rosa, a luz compõe a atmosfera da trama, cria ambientes distintos e marca a passagem de tempo. No som, os artistas impressionistas Erik Satie, Gabriel Fauré e Claude Debussy ajudam a compor a atmosfera de sedução. No palco, personagens sugados por uma torrente desenfreada de desejos contracenam em meio a uma cama, uma escada, o para-peito e um gira-gira de parque de diversões. Assim, o Grupo Gattu dá vida a seu quarto espetáculo de Nelson Rodrigues. A Serpente estreia dia 5 de novembro, sábado, às 21 horas, no Teatro Gil Vicente.

A Serpente, última peça escrita por Nelson Rodrigues, em 1978, conta a história de duas irmãs, Lígia (Daniela Rocha Rosa) e Guida (Eloísa Vitz), que vivem no mesmo apartamento com seus respectivos maridos, Paulo (Elam Lima) e Décio (Diogo Pasquim). Cúmplices e muito íntimas, casaram-se no mesmo dia, na mesma igreja e com o mesmo padre. Uma relação de intimidade ingênua, misteriosa e perigosa. Completa a ação a personagem Crioula (Laura Vidotto), a emprega da casa, espécie de personificação da sexualidade – já que é com ela que Décio conhece o prazer. Como ele diz, “a crioula das ventas triunfais”.

A trama gira em torno de um triângulo amoroso formado pelas irmãs e o marido de Guida. Lígia é sexualmente infeliz. Ainda virgem depois de quase um ano de casada, desfaz seu relacionamento e pensa em morrer. Para ajudar a irmã, Guida sugere a Lígia passar uma noite com seu marido. A partir daí, estabelecem-se os conflitos. É delineado um triângulo amoroso capaz de alcançar todos os extremos.

 

 

Informações:

A Serpente – Estreia dia 5 de novembro, sábado, às 21 horas, no Teatro Gil Vicente.

Texto – Nelson Rodrigues.

Até 18 dezembro.

Ingresso – R$30,00.

Censura – 16 anos.

Duração – 70 minutos.

 Teatro Gil Vicente – Avenida Rudge 315, Campos Elíseos. Sábados às 21h e domingos às 20h. Bilheteria abre com 2 horas de antecedência. Capacidade – 155 lugares. Informações –  3618.9014 www.gattu.com.br

 

outubro 24, 2011

SESC Belenzinho apresenta: Seminário Internacional de Cultura e Transformação Urbana


Dia 25 de outubro, terça-feira, o SESC Belenzinho abre inscrições para o Seminário Internacional de Cultura e Transformação Urbana, que será realizado nos dias 22 e 23 de novembro, das 10h às 18h. Primeiro seminário a ocorrer na unidade do SESC Belenzinho, o encontro tem curadoria de Ana Carla Fonseca – economista, doutora em Urbanismo e especialista internacional em economia criativa e cidades criativas.

O seminário oferecerá aos participantes a oportunidade de conhecer, analisar e debater sobre a inserção dos festivais e equipamentos culturais nas cidades em que operam, discutindo os processos de parceria, envolvimento comunitário e governanças que mais contribuem para reforçar essa relação. Também estarão em pauta as estratégias, as ações, os indicadores e os levantamentos dos impactos, realizados por alguns dos mais referenciais projetos culturais do mundo. E, finalmente, debater sobre as formas de utilizá-los para engendrar um processo de transformação urbana, evitando que levitem sobre a cidade, sem se vincular a ela.

As personalidades que irão compor as mesas são: o espanhol Roberto Gómez de la Iglesia (Diretor da c2+i), o canadense Stéphane Lavoie (Diretor Geral do TOHU), a escocesa Faith Liddell (Diretora dos Festivais de Edimburgo), o colombiano Jorge Melguizo (Ex-Secretário de Desenvolvimento Social de Medellin), o inglês Donald Hyslop (Chefe de Parcerias e Relações com a Comunidade da Tate Modern), o francês Olivier Caro (Chefe de Projetos da Secretaria de Cultura de Nantes), Danilo Santos de Miranda (Diretor Regional do SESC SP) e Mauro Munhoz (Diretor da FLIP). Como mediadores dos debates estarão peritos em cultura e em cidades como Antônio Carlos Sartini (Diretor do Museu da Língua Portuguesa), Teixeira Coelho (Curador do MASP), Luiz Dias Guimarães (Presidente do Santos Convention Bureau), Carlos Augusto Calil (Secretário Municipal de Cultura de São Paulo), Jorge Wilheim (Presidente da Jorge Wilheim Consultoria), Caio Luiz de Carvalho (Presidente da SP Turis).

 

 

Informações:

Seminário Internacional de Cultura e Transformação Urbana
Dias 22 e 23 de novembro – quarta e quinta – das 10h às 18h
Público alvo: profissionais e estudantes das áreas de arquitetura, urbanismo e gestão cultural e demais interessados.
Inscrições abertas a partir de 25 de outubro:
Nas Unidades do SESC (interior e capital) de 25/10 a 22/11. Pagamento em dinheiro, cheque, cartões de débito e crédito (Diners, Mastercard, e Visa).
Inscrições on line no portal http://www.sescsp.org.br: de 25/10 a 19/11/201. Pagamento com cartões de crédito Diners, Mastercard e Visa.
Inscrições: R$ 10,00 (comerciário matriculado), R$ 20,00 (usuário matriculado, estudante, professor da rede pública, maiores de 60 anos) e R$ 40,00.
Informações: seminario@belenzinho.sescsp.org.br

SESC Belenzinho – Teatro (392 lugares)
Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho/SP – Tel: (11) 2076-9700
Estacionamento: R$ 6,00 (não matriculado) e R$ 3,00 (matriculado no.

SESC SP | Facebook | Twitter

outubro 24, 2011

O humorista Diogo Portugal traz seus personagens para o interior de São Paulo


Diogo Portugal se apresenta nos dias 5 e 6 de novembro em Lorena e São José dos Campos, respectivamente, oferecendo ao público do interior paulista oportunidade para dar boas risadas. Portugal, que é um dos grandes nomes do humor da atualidade, traz para as cidades o seu espetáculo Portugal é Aqui!, onde interpreta seus personagens mais hilários: a manicure Marlene Marluce Catarina; o porteiro Ediomar, a ex-prostituta Pamela Conti, o lutador de jiu-jitsu Bomba e o office-boy Elvisley, que foi sucesso no programa Zorra Total.

Em Portugal é Aqui! o humorista mostra suas facetas
surpreendendo o público com seu humor aguçado, criativo e
inteligente.

 

 

 

Informações:

Direção, texto e atuação: Diogo Portugal

Duração: 75 minutos

Censura: 14 anos

http://www.sentaprarir.com.br

Lorena
Dia: 05/11/2011
Local: Teatro São Joaquim – UNISAL
Endereço: Rua Dom Bosco, n° 284, centro
Postos de venda: Óticas Carol
Telefone para contato: (12) 9142-6253
Capacidade: 490
Horários: 21h
Ingressos: R$ 40,00 INTEIRA e R$ 20,00 MEIA (1ºlote) / R$ 50,00
INTEIRA / R$ 25,00 MEIA

São José dos Campos
Dia: 06/11/2011
Local: Teatro UNIVAP
Endereço: Praça Cândido Dias Castejón, 116 – Centro
Postos de venda: Doceira Marinella
Telefone para contato: (12) 9142-6253
Capacidade: 490
Horários: 19h30
Ingressos: ANTECIPADO R$ 50,00 INTEIRA e R$ 25,00 MEIA (1º
lote) / R$ 60,00 INTEIRA / R$ 30,00 MEIA

outubro 24, 2011

Espetáculo “A Casa dos dados” estreia no Teatro Augusta


“A Casa dos dados”

O destino (quase) em suas mãos. Este é o mote do espetáculo A CASA DOS DADOS, que estreia dia 2 de novembro, quarta-feira, às 21h, no Teatro Augusta, Sala Nobre. A peça apresenta a terapia dos dados como solução para as pessoas que não desejam tomar decisões em suas vidas e deixam os dados guiarem seu destino. A montagem tem direção de Helio Cicero e é encenada pela Cia Os Primos.

O espetáculo traz à cena o Dr. Ratner, psiquiatra renomado, fundador do Centro de Pesquisa da Vida Aleatória. Sua clínica é conhecida como A Casa dos Dados, onde as pessoas têm a chance de mudar e explorar todos os aspectos de suas personalidades, desde que submetendo suas escolhas à vontade dos dados. Dessa forma, tudo que é imaginável e proveniente das fantasias de cada um torna-se realidade.

 

Informações:

A Casa dos Dados – Estreia dia 2 de novembro de 2011, quarta-feira às 21h.

Duração: 90 minutos.

Recomendação: 14 anos.

Ingressos: R$30,00 (Estudantes, maiores de 60 anos e classe teatral têm 50% de desconto).

Quartas e quintas, às 21h.

Até 15 de dezembro.

 

TEATRO AUGUSTA – SALA NOBRE – Rua Augusta, 943 – Cerqueira César, tel: 3151-4141. Capacidade 302 lugares. Bilheteria funciona de quarta a domingo, a partir das 15 horas. Acesso para deficientes. Ar condicionado. Estacionamento ao lado. Café.


outubro 24, 2011

Cassio Scapin vive o filósofo Diderot em peça dirigida por Jô Soares


Num momento em que se questiona o amor romântico idealizado e conceitos de fidelidade e traição na relação a dois, a peça O Libertino, de Eric- Emmanuel Schmitt, em cartaz no Teatro Cultura Artística Itaim, que traz o filósofo francês Denis Diderot (1713/1784) em pleno século 18 discutindo essas e outras questões tão próximas do nosso cotidiano, vem muito a calhar. Com adaptação e direção de Jô Soares, a montagem traz Cassio Scapin na pele do filósofo, considerado, ao lado de Voltaire, precursor da Revolução Francesa.

Antes do início do espetáculo, o público já é conduzido à trama por meio de um depoimento bem descontraído do ator Juca de Oliveira; no telão, ele relata a importância de Diderot para o pensamento filosófico da humanidade, já que foi o autor da Enciclopédia ou Dicionário Lógico das Ciências, Artes e Ofício, obra que influenciou a Revolução Francesa. Diderot foi também um crítico feroz ao clero e à nobreza, tanto que é o autor da frase ferina: “O Homem só será livre quando o último rei for estrangulado com as entranhas do último padre”.

Na peça de Schmitt, Diderot descansa num castelo de um amigo, localizado numa área rural próxima de Paris. Porém, quando está posando para uma pintora (Luciana Carnieli), é obrigado a interromper sua folga para escrever o verbete Moral, para a Enciclopédia. O filósofo, mesmo casado e com uma filha adolescente, interpretadas por Tânia Casttello e Erica Montanheiro, adora as mulheres é um inveterado conquistador.

 

 

Informções:

Teatro Cultura Artística Itaim (303 lugares), Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1830.

Quinta e sábado às 21h. Sexta às 21h30.

Domingo às 18h. Ingressos:

Quinta R$ 40.

Sexta e domingo R$ 50.

Sábado R$ 60.

Duração: 90 minutos.

Recomendação: 16 anos.

Televendas – 3258-3344

  http://www.culturaartistica.com.br

Bilheteria: terça e quarta, das 15h às 19h.

Quinta a domingo, das 15h até o início do espetáculo.

Aceita cheque e todos os cartões de crédito e debito.

Estacionamento conveniado no local, R$ 16.

Temporada: até 27 de novembro

outubro 22, 2011

Entre música e muita atividade


O maestro Daniel Bortholossi está com a agenda lotada. Está a frente do espetáculo Vida Moderna, com apresentações em Curitiba, Londrina, Cascavel, Maringá e Ponta Grossa; é o regente e diretor artístico do DVD, que está em produção, sobre o compositor curitibano, Henrique Morozowicz; e rege as óperas Finismundo e a El Retablo de Maese Pedro, nesse final de semana em Curitiba.
As apresentações unem teatro de bonecos e de sombras à ópera, com personagens de Dom Quixote e Sancho Pança. A ópera Finismundo, de Harry Crowl, é sobre poemas de Haroldo de Campos, e a El Retablo de Maese Pedro, é do autor Manuel de Falla.
O espetáculo ocorre no Espaço Cultural Capela Santa Maria, em Curitiba, no sábado (22), às 20h, e no domingo (23), às 18h30.